Mota-Engil expande atividade na América Latina

Mota-Engil expande atividade na América Latina

Abril 30 2016

Depois de um trabalho intenso de cerca de dois anos a identificar oportunidades, estudar e licitar projetos, o Grupo Mota-Engil obteve a ambicionada adjudicação dos primeiros contratos em três novos mercados, nomeadamente o Chile, República Dominicana e Paraguai.

No Chile, a Mota-Engil ganhou um contrato no valor de 5,8 milhões de euros para a reparação no porto de Antofagasta, segunda região do País, localizada a 1.400km de Santiago do Chile.
Na República Dominicana, a Mota-Engil participará no projeto de construção "Ciudad Juan Bosch", assegurando um contrato para a construção de 1.704 apartamentos, num valor de 41,8 milhões de euros para um prazo de construção de 18 meses.
No Paraguai, a Mota-Engil conseguiu, no primeiro semestre deste ano, assinar contrato com o Ministério de Obras Públicas e Comunicações para a conceção e construção do sistema de transporte público de passageiros Asunción y San Lorenzo – Projecto BTR (BUS de Tránsito Rápido – Corredor Central: Troços 2 e 3). Este projeto terá um valor contratual de 45,6 milhões de euros e um prazo de execução de 22 meses.

Com a angariação destes novos contratos, a Mota-Engil América Latina passa assim a atuar em sete países da região, concretizando a cada dia a sua ambição como player regional no setor da construção e gestão de infraestruturas.